Testes IOTA

Visão geral

O grupo IOTA, do inglês International Ovarian Tumor Analysis, foi fundado em 1999 por Dirk Timmerman, Lil Valentin e Tom Bourne. O objetivo principal foi desenvolver uma terminologia padronizada. Em 2000, o IOTA publicou uma declaração de consenso sobre termos, definições e medidas para descrever as características ultrassonográficas das massas anexiais, hoje amplamente utilizadas. O IOTA agora cobre uma infinidade de estudos que examinam muitos aspectos da ultrassonografia ginecológica dentro de uma rede de centros contribuintes em todo o mundo que são coordenados pela KU Leuven.

Tendo concordado com a terminologia padronizada, os principais pesquisadores do IOTA de diferentes centros recolheram prospectivamente um grande número de pacientes com uma massa anexial persistente. A discriminação pré-operatória precisa entre massas anexiais benignas e malignas é conhecida por ter um valor central na prática clínica. A investigação centrou-se no desenvolvimento de modelos preditivos para estimar o risco de malignidade. Esta base de dados e o envolvimento próximo do departamento de engenharia civil na KU Leuven permitiram que os modelos de previsão previamente desenvolvidos fossem testados e novos modelos de previsão fossem desenvolvidos e validados externamente.

IOTA desenvolveu regras, em inglês Simple Rules, e modelos matemáticos baseados em regressão logística (LR1 & LR2), que são muito fáceis de usar na prática clínica para calcular o risco de malignidade. Esres modelos foram validados prospectiva e externamente, e mostraram ter um desempenho muito bom, próximo ao da avaliação subjetiva de um especialista em ultra-sonografia. Além disso, estes modelos continuam a ter bom desempenho por usuários com diferentes níveis de experiência em ultrassom. Recentemente, com a publicação do ADNEX-model, foi introduzido o primeiro modelo preditivo multiclasse, capaz de diferenciar quatro subgrupos de tumores malignos.

Algoritmos de IOTA on-line

A BIOPROGNOS implementou ―para fins educacionais ou de instrução― o acesso on-line para 2 dos 3 algoritmos IOTA existentes atualmente para rastreamento e detecção de cancro ginecológico. O uso é gratuito e tem acesso ilimitado.

 
 

Solicitar acesso ao Testes IOTA

 
 

Por favor, navegue nas próximas páginas para obter mais informações sobre os algoritmos IOTA disponíveis on-line: